Tunelização Dérmica

Você já ouviu falar em tunelização dérmica? Sabe para que serve? Hoje, iremos dar detalhes sobre a técnica e explicar como ela pode te ajudar.

Com tantos tipos de procedimentos e técnicas dermatológicas, pode ficar um pouco difícil que saibamos exatamente para que servem todas elas. Portanto, é importante entender um pouco mais sobre cada uma e ter ideia do que melhor funciona para o seu caso.

A tunelização dérmica é uma técnica pouco invasiva e que não demora para ser realizada. Necessita de alguns cuidados após o procedimento, que devem ser seguidos para obter sempre os melhores resultados possíveis.

Hoje, vamos saber mais a respeito da tunelização dérmica, como ela é feita, para que serve, quem pode se submeter a essa técnica e diversas outras informações importantes e pertinentes.

O que é a tunelização dérmica?

A tunelização dérmica é uma técnica que utiliza agulhas que são inseridas na pele com o intuito de romper e fazer o descolamento de traves fibróticas, auxiliando assim na eliminação de cicatriz de acne, rugas e outros problemas semelhantes.

É uma técnica cirúrgica, porém, não necessita que se realizem incisões e nem que se levem pontos. No entanto, deve ser sempre realizada por um profissional especializado, ou seja, um dermatologista.

Para que serve?

O procedimento de tunelização dérmica serve para que seja estimulada a produção de colágeno na área afetada por rugas ou cicatrizes, e também, ajuda a pele a eliminar sulcos mais profundos.

A cicatriz de acne também é uma das coisas que pode ser tratada por meio da tunelização. A flacidez no rosto acaba melhorando consideravelmente após passar por um tratamento como esse.

Quando considerar esse tratamento?

Primeiramente, é preciso entender que em qualquer situação, apenas o seu médico poderá definir efetivamente o que é necessário fazer como tratamento. Portanto, passar por uma avaliação com o especialista é fundamental para que você possa saber exatamente o que procurar.
Na maioria dos casos, a tunelização dérmica é mais indicada para:

  • Rugas profundas;
  • Cicatriz de acne;
  • Linhas de expressão profundas;
  • Textura da pele sem elasticidade/áreas atróficas.

O dermatologista irá fazer então a avaliação do seu caso, para que possa ou não recomendar a tunelização dérmica. Portanto, sempre siga suas orientações.

Candidatos ao tratamento

As pessoas que têm os sintomas citados anteriormente, como marcas de expressão acentuadas e outros tipos de sulcos na pele são candidatos ao tratamento.

Mas deve-se ter em mente que a tunelização dérmica não é um tratamento que serve para todos. Gestantes ou pessoas que estejam fazendo qualquer tipo de tratamento com medicamentos anticoagulantes precisam da liberação médica antes de realizar o procedimento.

A tunelização dérmica deixa cicatrizes?

Não. A tunelização dérmica, apesar de ser um procedimento um pouco invasivo, não deixa nenhum tipo de cicatriz.
O que pode ocorrer, na verdade, é a formação de edemas e hematomas no período de recuperação, o que é perfeitamente normal. Essas marcas tendem a sumir progressivamente, portanto, basta sempre seguir à risca o que o médico indicar.

Tunelização dérmica x outras técnicas

Existem diversos tipos de técnicas de tratamentos faciais para melhorar a aparência e a elasticidade da pele. Alguns deles são:

  • Laser CO2;
  • Bioestimuladores de colágeno (SCULPTRA/RADIESSE)
  • Indução percutânea de colágeno com agulhas (IPCA)
  • Radiofrequência pulsada com multiagulhas

Cabe ao seu dermatologista analisar o seu caso e dar a você opções para melhor tratar os pontos que lhe incomodam. Uma combinação de tratamentos também pode ser utilizada a fim de se alcançar o resultado desejado.

Escolhendo um dermatologista

A fim de obter sempre o melhor atendimento possível, é necessário que você verifique sempre se o médico que você escolheu tem um registro no Conselho Regional de Medicina. Com essa verificação específica, você tem a total certeza de estar lidando com um profissional da saúde habilitado.

A consulta

O momento da consulta é muito importante e você deve buscar aproveitá-lo ao máximo se deseja fazer qualquer tipo de procedimento em sua pele. Isso porque nessa hora, é possível saber mais sobre o tratamento que você escolher, usar de comparação com outros métodos e também saber o orçamento final.

Portanto, não se esqueça de perguntar tudo ao seu médico nessa hora. Indague também a respeito do processo de recuperação, o que é preciso fazer, quantas sessões serão necessárias, dentre outros questionamentos que podem vir a surgir.

Preço dos procedimentos

O preço dos procedimentos dermatológicos varia muito conforme a necessidade específica de cada paciente. Sendo assim, apenas o seu médico, após uma cuidadosa avaliação poderá dizer qual será o custo envolvido.

Evite comparações de valores com outras pessoas. Elas provavelmente tiveram um tratamento diferente ou mesmo tenham ido em outro médico ou mesmo moram em estados diversos.

Tudo isso pode influenciar no preço final do seu tratamento. E claro, não esqueça de cada caso é um caso. Algumas pessoas precisam de diversos procedimentos, já outras, de poucos. O número de sessões também varia conforme os seus objetivos e o estado geral da sua pele. Geralmente a sessão de tunelização dérmica é cobrada de acordo com a extensão da área e pode variar entre 500 a 1.000.

Portanto, apenas o seu médico pode realmente fazer um orçamento adequado para você. Verifique essa questão na hora da sua consulta médica.

Cuidados antes do procedimento

Todo tipo de procedimento requer algum preparo. Portanto, caso você vá passar pela técnica de tunelização dérmica, converse com seu dermatologista e informe-se a respeito dos cuidados pré-procedimentos.
No caso, o ideal é que você evite:

  • Tomar medicações anticoagulantes;
  • Fumar;
  • Submeter a pele à exposição solar exagerada.

Podem haver diversos outros tipos de recomendações, portanto, lembre-se de seguir à risca o que o médico lhe passar.

Como é feita a tunelização dérmica?

É feita primeiramente a demarcação da área que o médico irá tratar, bem como a anestesia local para maior conforto do paciente.
Em seguida, o médico introduz uma agulha de calibre mais grosso, até a derme, formando um túnel e rompendo com as traves de fibrose. Essas traves são as responsáveis por fazer com que apareçam “depressões” na pele, muito comuns nos casos de cicatrizes de acne.

A tunelização acontece sempre em sessões de 30 minutos, sendo, portanto, relativamente rápida.
Com a quebra dessas fibroses, a pele irá produzir colágeno e voltar a sua posição normal após o período de recuperação do procedimento.

Como é o pós-imediato do tratamento de tunelização dérmica?

Não é necessário que o paciente fique internado. Não há incisões e nem necessidade de levar pontos, sendo assim, o paciente poderá ir para casa imediatamente após o tratamento estar concluindo, fazendo com que muitas pessoas prefiram a tunelização dérmica para tratar pessoas que não querem suspender suas atividades normais do dia a dia.

Podem haver pequenos sangramentos e a criação de hematomas na área, que surgem normalmente graças à lesão que foi criada. Basta seguir o que seu médico irá recomendar para que as marcas desapareçam e os resultados surjam em breve. Inclusive os hematomas são importantes para o estímulo da produção local de colágeno.

Recuperação

Geralmente, os médicos indicam que se evite pegar sol por um período de 5 a 7 dias, evitando complicações. Há a formação de edemas na face e pequenos hematomas na área tratada, mas o paciente pode aplicar maquiagem, caso queira, no mesmo dia do procedimento.

Se espera que as manchas e o inchaço sumam após 10 a 15 dias da realização da tunelização dérmica. Os médicos sempre indicam usar o protetor solar a cada duas horas até esse momento.

Resultados

Os resultados do procedimento de tunelização dérmica geralmente começam a aparecer após um mês da sua realização. Sendo assim, é preciso esperar e fazer uma avaliação para que se tome nota dos resultados.

Além disso, o dermatologista pode recomendar novas sessões do mesmo procedimento, ou então, combinar a tunelização com outras técnicas dermatológicas podem vir a ser necessárias.

Apenas o seu dermatologista poderá indicar o que será melhor para o seu caso específico, após uma avaliação personalizada.

Riscos do procedimento de tunelização dérmica

Sendo um procedimento minimamente invasivo, alguns riscos são inerentes a ele como edema e hematomas. Mas, caso não sejam respeitadas a técnica e os cuidados de antissepsia, complicações como infecções locais ou perfurações indevidas na pele podem ocorrer. Portanto, é um procedimento profissional dependente e exige treinamento e habilidade para sua realização.

Importante notar que, ao realizar a tunelização dérmica com um profissional devidamente capacitado, você reduz muito os riscos desse procedimento e pode então ficar tranquilo em relação aos resultados.

Perguntas e respostas

Agora você já conhece mais a respeito da tunelização dérmica, como ela é feita e para que serve, não é mesmo? Mas ainda assim, algumas dúvidas podem surgir. Pensando nisso, resolvemos trazer uma seção de perguntas e respostas para te ajudar a dirimir quaisquer questionamentos que tenham ficado para trás. Confira.

Posso fazer tunelização dérmica e aplicação de botox no mesmo período?

Não, o ideal é que você aguarde, já que é preciso um tempo para que a toxina se estabilize. Converse com seu dermatologista antes de efetuar qualquer procedimento extra e se certifique de sempre passar por esses tratamentos com um médico devidamente especializado.

A tunelização dérmica pode ser feita por qualquer pessoa?

Não. Quem é gestante deve evitar esse tipo de tratamento, e também aqueles que estão em tratamentos com medicação anticoagulante. Converse com seu médico antes da realização do procedimento e verifique sobre outras restrições.

Sabemos que a flacidez facial, rugas e a cicatriz de acne causam diversos problemas de autoestima. Por isso, a técnica de tunelização dérmica é muito indicada e trata-se de um procedimento bastante efetivo para tratar esses casos. Marque então a sua avaliação hoje mesmo e veja a possibilidade de realizar esse procedimento.

Fale com a Médica!

Estou agora no WhatsApp, envie sua mensagem.

whatsApp Estou Online, Fale Comigo